Alterações e recomendações decorrentes da Declaração do Estado de Emergência - Portugal 19 março 2020

Alterações e recomendações decorrentes da Declaração do Estado de Emergência - Portugal 19 março 2020

[atualizada aem 23 março 2020]

Na sequência da Declaração do Estado de Emergência, devido à evolução da pandemia do COVID-19 no nosso país, cumpre-nos adequar as regras relativas à frequência dos Cemitérios e partilhar com todos as recomendações para as cerimónias fúnebres, para que se minimizem os contactos e ajuntamentos sociais.

?Em consonância com a decisão do Município de Oliveira do Bairro e à semelhança das outras Juntas de Freguesia do concelho, a Junta de Freguesia da Palhaça vai encerrar ao público o cemitério, a partir desta segunda-feira, 23 de março, abrindo, excecionalmente, para a realização de funerais.


- No que diz respeito aos funerais, as cerimónias adotadas não devem exceder a presença de um núcleo máximo de 10 pessoas, por forma a garantir a inexistência de um aglomerado de pessoas e garantir o controlo das distâncias de segurança;

RECOMENDAÇÕES FEITAS PELA  DIREÇÃO GERAL DE SAÚDE E PELA ASSOCIAÇÃO NACIONAL DE EMPRESAS LUTUOSAS (ANEL) junto das Funerárias, sobre como proceder em todos os funerais, em tempos de pandemia (VER + )


- Os funerais devem ser realizados “diretamente do local do óbito para o cemitério pretendido, o qual deverá ser o mais próximo possível do local do óbito”. Estas cerimónias podem contar com a presença de um celebrante (o padre, por exemplo) “junto da sepultura ou do crematório” e ter, no máximo, dez pessoas — desde que sejam “familiares mais próximos”;
- A não realização de velórios. Por consequência, e tal como na recomendação da DGS, o cadáver é colocado nu, num saco impermeável, e colocado num caixão que não deve ser aberto;
- Aconselhamos que nenhum cadáver seja preparado (não se devem realizar atuações de limpeza nem intervenções de tanatopraxia nem com simples vestimenta). O cadáver deve ser introduzido num sudário impermeável e após pulverização com uma solução desinfetante, acondicionado dentro da urna”.            

Apelamos ainda, a todos os nossos fregueses, que adotem um comportamento sereno e responsável e sigam rigorosamente todas as medidas decorrentes da declaração do Estado de Emergência (19/março/2020) e - se puder, fique em casa. A vida de cada um de nós também depende de si!


Em caso de dúvida ou assuntos de urgência | Junta de Freguesia da Palhaça 932751314




Alterações e recomendações decorrentes da Declaração do Estado de Emergência - Portugal 19 março 2020