Cronologia

1ª fila da esquerda para a direita.
 
Fernando Tomé de Carvalho: 2002-2005
Manuel Lourenço carvalho: 1994-2001; 2005-2009
António Martins de Oliveira: 1983-1986
Manuel Alberto da Silva Ferreira: 1975-1980; 1986-1994
2ª fila da esquerda para a direita.
Guilherme Martins da Silva: 1975-1975
Manuel António Mandato:1974-1975
Mário Marques da Silva: 1969-1974
Manuel Ferreira Neto: 1964-1969
3ª fila da esquerda para a direita.
António Cândido Martins: 1960-1964
Albano Simões da Fonte: 1946-1951
Manuel Ferreira Rebolo: 1935-1946; 1955-1960
Álvaro Marques: 1927-1935; 1951-1955
4ª fila da esquerda para a direita.
José Augusto Ferreira: 1926-1927
Domingues Ferreira da Silva: 1914-1918
José Martins Lavoura Graça: 1910-1912
Manuel Ferreira Bernardo: 1980-1983
Outros presidentes sem fotografia:
Manuel Simões Rebolo: 1925-1926
José Pinto Belinquete: 1912-1914; 1918-1925
 
 
ANTIGOS PÁROCOS
Foi seu primeiro pároco Padre Pedro Marcelino Ferreira, natural do Albergue, de Agosto de 1804 a Março de 1814. 
Sucedeu-lhe o Padre João Simões Capão, natural da Palhaça (1814). 
De 1814 a 1817 foi pároco Padre António José de Figueiredo. 
De 1818 a 1824, novamente o Padre João Simões Capão. 
De 1824 a 1829 foi pároco o Padre Luís José Pinto de Miranda. 
De 1829 a 1836, de novo o Padre João Simões Capão, que viria a falecer a 28 de Junho de 1839. Deixou um manuscrito que constitui um repositório de tradições ligadas à fundação da freguesia e origem do topónimo actual.
Durante este tempo, foi construída, em Vila Nova, a Igreja Paroquial, onde já existia a Capela a S. Pedro. Ainda hoje aí se pode ler, em pedra existente na parede da capela-mor, a seguinte inscrição: 
FOI LANÇADA A PRIMEIRA
PEDRA NESTA CAPELA M
OR A 25 DE 7BRO. D. 1837: EM
1831 FOI ACRECENTADA A IGA
E DESANEXADA DA MATRIS
EM MDCCC IV. PARA MEMORIA DE
VINDOUROS T. N. O FEZ
De 1836 a 1868, foi pároco «colado» da paróquia o Padre José da Silva Moreira, da Ordem dos Carmelitas Descalços. 
Em 1868 também aqui foi pároco o Padre Joaquim Rodrigues de Seabra. 
De 1868 a 1870, o Padre José Tavares Pinheiro. 
Em 1871, o Padre João Alberto Álvares de Melo. 
De 1871 a 1879, o Padre José Agostinho Ferreira. 
Em 1879/1880, foi pároco o Padre Joaquim Coelho. 
De 1881 a 1893, Padre Manuel Fortunato dos Santos Carrancho. 
De 1894 a 1905, Padre João Francisco Moreira. 
De 1905 a 1910, Padre Manuel Ferreira Félix; 
1910/1911, Padre Henrique Simões Capão, natural da Palhaça; 
De 11 de Julho de 1911 a 6 de Setembro de 1941, foi pároco Padre José Martins, também natural da Palhaça. 
De 6 de Setembro de 1941, a 14 de Janeiro de 1947, foi pároco Padre Manuel Nunes. 
De 15 de Janeiro de 1947 a 23 de Setembro de 2001, foi pároco Padre Manuel de Oliveira. Foi durante os 54 anos que esteve como pároco da paróquia de S. Pedro da Palhaça que, pelo seu dinamismo e trabalho, e com o esforço da população, aqui surgiram as obras mais marcantes da actualidade: a Igreja Matriz de S. Pedro, o Centro Social Paroquial S. Pedro, o Centro Paroquial e a Residência Paroquial. 
Por a Igreja Velha se ter tornado demasiado exígua para as necessidades de uma paróquia crescente, foi iniciada a construção da Igreja Nova, em 18 de Agosto de 1957, com a bênção da primeira pedra na presença do Bispo de Aveiro, D. Domingos da Apresentação Fernandes. Quase em simultâneo tiveram também início as obras da residência e do salão paroquial. A Igreja foi sagrada em 15 de Agosto de 1964, pelo Bispo de Aveiro D. Manuel de Almeida Trindade. A residência paroquial ficou pronta em Outubro desse ano. O Centro Paroquial foi inaugurado em 12 de Setembro de 1971. 
Desde 16 de Setembro de 2001 é pároco, o Padre José Augusto Pinho Nunes.